Acompanham o LAR

domingo, 4 de maio de 2014

Ponto FINAL

F O I - S E ....

É... mais uma vez a morte, veio 'dar o ar da sua graça'!!! (?)
Claro que sei que milhares de pessoas morrem diariamente, pelo mundo,- inclusive, agora, sabe-se lá quantos estão deixando tudo para a história- MAS, quando não as conhecemos, não sabemos detalhes das suas partidas, todos passam a pertencer a um número de estatísticas, ou mesmo a tal normalidade, aceitação e ao comum: FAZ PARTE!
Porém, quando trata-se de pessoas que conhecemos mais ou menos intimamente, seja por quais quer que sejam os vínculos pessoais: família, amigos, conhecidos, pessoas públicas, celebridades...aí nos tocamos da fragilidade da vida.( - ou não! vai saber!)
Ando com medo dessa tal de MORTE!
Desse cruel e brutal momento que vem, na maioria das vezes, sem aviso prévio. Ceifando, sem critérios, bebês, crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos. Vem, leva e .
Deixando famílias, amores, sonhos, desejos, .... órfãs.

É tão lastimável perceber quanta coisa é abruptamente impedida de começar, seguir, crescer ou finalizar: um nascimento, um primeiro beijo, uma carreira, uma meta, um sonho, simplesmente assim: PUFT! TERMINOU!!!!

PENA é a melhor palavra que define, eu penso, o sentimento frente ao acontecimento da morte, da não vida física....
Pena do que poderia ter sido, MAS NÃO SERÁ... ESGOTOU-SE O TEMPO!
Seria penta campeão...(- e, sabe-se mais lá o quê?! ELE ERA O CARA< né, Taiane Pacheco?!)
Seria um belo jovem;
Seria um ótima mãe;
Queria ser médico;
Queria ser artista;
Tinha que decidir entre duas oportunidades de emprego;
Queria ser advogado...quem sabe juíz?!

Queria VIVER feliz................

Quero ver tanto ainda....
Ver meus jovens filhos mais encaminhados; minha pequena boneca crescendo e se descobrindo....meus pais compartilhando momentos...Tios, tias, primos, primas, amigos, amigas.....
MAS, que esse dia tristonho, não sirva só de lamentos e dúvidas cruéis dentro de mim,...que torne-se, em meu coração, um agradecimento profundo e eterno por tudo já vivido....por cada dia respirado, sentido, saboreado, produtivo ou não....mas, VIVIDO!

Claro que espero que exista um lugar melhor, - minha crença me assegura disso - onde todas as dores, mágoas, sofrimentos, pecados sucumbem...não nos acompanham...

MAS, poxa, mesmo com toda essa promessa, com todos os perrengue ESTAR AQUI É TÃO BOM.... O saldo é infinitamente mais positivo do que negativo.

Espero que demore muuuuito para que eu me torne simplesmente a lembrança de teimosia, rabugisse, e das minhas gargalhadas.....rsrsrs.


Por todos os Ayrtons, Bernardos, Genésios, Yuris, Pittis, Leonardos, Pedros, Marias, e.... PATRÍCIAS.